Hoje eu vou te contar um pouco da história do Tarot Sola Busca e te mostrar esta versão italiana criada por Giordano Berti.

Giordano Berti é um renomado historiador italiano especializado na história e simbolismo do Tarot. Ele é amplamente reconhecido por seu trabalho significativo na pesquisa e documentação das origens e desenvolvimento do Tarot, especialmente no contexto da Itália.

Berti foi também meu professor de Tarot aqui na Italia e eu adquiri o deck Sola Busca que ele editou em uma loja especializada chamada Esotericamente, na cidade de Turim, em 2022.

Quer assistir este conteúdo em video? Clica na imagem abaixo:

O Tarot Sola Busca

O Tarot Sola Busca é um baralho de Tarot italiano do século XV que possui ilustrações belíssimas e um grande valor histórico.

Acredita-se que ele tenha sido criado em 1491, no norte da Itália pelo hermetista Ludovico Lazzarelli e pelo pintor Nicola di Maestro Antonio, a pedido do nobre veneziano Marin Sanudo, filho de Leonardo Sanudo, senador da República de Veneza e minha xará Letizia Venier. mas essa teoria ainda segue em estudo.

As cartas foram confeccionadas com gravuras em cobre, ricamente pintadas em têmpera  e posteriormente com prata e ouro em diversos escudos e brasões.

A maior parte dos escritos que encontramos nas cartas fazem referência a nomes de personagens da história romana além de dois personagens bíblicos. Estes escritos foram adicionadas em um segundo momento, por iluminadores que realizaram a coloração das cartas.

O Tarot também faz referência à alquimia, seja em algumas de suas imagens como também nas cores que utiliza.

Por mais de 500 anos, o tarot Sola Busca ficou guardado em uma caixa forte privada e somente depois de 1900  ele foi descoberto.

Mas tem mais uma informação interessante que faz do Tarot Sola Busca fundamental para estudiosas e amantes do Tarot. Por volta de 1908 Pamela Colman Smith e Athur Edward Waite viram estas cartas no British Museum de Londres. Acredita-se inclusive que o Sola Busca inspirou Pamela a ilustrar os Arcanos Menores, já que o famoso Rider Waite Smith foi o primeiro maço na história a ter as 78 cartas ilustradas com personagens dinâmicos.

É impossível não considerar por exemplo a semelhança do três de espadas criado por Lazzareli e Antonio com a ilustração de Pamela Colman Smith.

Não se sabe ao certo quantas cópias deste tarot foram criadas, mas é certo que sua versão em preto e branco circulava entre amigos de quem comissionou o baralho já que há a presença delas em coleções públicas e privadas espalhadas pelo mundo.

No ano de 2009 o Sola Busca foi adquirido pelo Minisiterio para o bem e atividade cultural da Itala, por um valor de 800 mil euros para ser relançado na Pinacoteca de Brera, que fica em Milão.

No ano de 2012, Laura Paola Gnaccolini fez a curadoria da mostra “Il segreto dei secreti. I tarochi Sola Busca e la cultura ermetico alchemica tra Marche e Veneto alla fine del Quatrocento“. (em tradução livre: o segredo dos segredos. O Tarot sola busca e a cultura hermético alquímica entre Marche e Veneto no fim do século XV.

Além das cartas do tarot, a exposição também contou com outras obras de arte e objetos relacionados à cultura ermetico alquimista que floresceu na regiao.

A exposição foi uma oportunidade única para estudantes e entusiastas do Tarot e da cultura renascentista explorarem o rico patrimônio artístico e cultural da região e para aprender mais sobre a importância histórica e cultural do Tarot Sola Busca como uma obra-prima da arte renascentista italiana.

Esse baralho tem uma história fascinante e uma presença visualmente impressionante. Se você é uma amante do Tarot, definitivamente deve considerar explorar este baralho, que é uma parte importante da história do Tarot e da arte renascentista italiana.

Se você curtiu esse  conteúdo, compartilhe para que eu possa seguir na missão de partilhar as chaves do conhecimento com você. Se esse é seu primeiro contato comigo, AQUI você pode saber mais sobre mim e sobre meu trabalho, como acontecem minhas consultas e cursos online com inscrições abertas.

E assim, seguiremos juntas nesta busca de transformar chumbo em ouro.