Você sabia que muitos astrólogos não explicam o tipo de leitura que fazem para um consulente? E que muita gente ainda faz confusão entre mapa astral e revolução solar?

Neste artigo, explico a diferença básica entre estes dois mapas para que você não tenha mais dúvidas e saiba exatamente o que está contratando quando fizer sua próxima consulta com um astrólogo!

Mapa Natal

Um mapa natal (ou mapa astral como é popularmente conhecido) é a leitura do seu mapa de nascimento que vai te acompanhar pra toda a vida trazendo informações sobre sua personalidade, seus talentos e habilidades, seus desafios, suas questões cármicas e energias de vidas passadas.

Calculado através da data, hora e local onde nasceu, fazemos um retrato do céu do momento em que você respirou pela primeira vez no planeta Terra. Este mapa é sua bússola interna que vai te acompanhar ao longo de toda a sua vida.

O ideal é fazer seu mapa natal uma única vez, com uma boa astróloga, e ter acesso ao áudio ao longo da sua vida. Você pode escutar seu mapa natal aos 20, 30, 50, 70 anos e ele ainda trará respostas para você, mesmo que esteja vivendo momentos de vida completamente diferentes.

Se você já fez uma vez e não lembra, não tem mais acesso a ele ou ainda fez, mas gostaria de ouvi-lo sob a perspectiva de uma nova astróloga, eu recomendo fazer mais uma vez.

Ter a gravação de uma boa leitura de mapa natal vale pra toda vida.

Este mapa é conhecido como nosso GPS ou bússola interna e traz diversas informações sobre nossa personalidade.

O mapa conta com milhares de elementos como seu sol (signo), lua e ascendente, conhecidos como tríade, as casas astrológicas e os planetas.

Juntos, estes elementos formam um manual ou um guia para esta existência, trazendo informações sobre sua personalidade, seus talentos e habilidades, seus desafios, suas questões cármicas e energias de vidas passadas.

Um mapa natal pode te ajudar a se compreender melhor, expandir sua consciência, identificar de padrões de comportamento e crenças, reconhecer e integrar seus dons e talentos, compreender seu temperamento, descobrir o que te move e o que te atrai para a vida, compreender melhor seus relacionamentos sociais, afetivos, familiares e profissionais, acessar vibrações inconscientes sobre diversos assuntos da vida e se conectar com seu eu mais profundo.

Acredita-se que o primeiro respirar depois de sair da barriga de nossa mãe nos conecta com esse universo que fará parte de nossas vidas até o dia de nossa morte. O mapa natal nos oferece a configuração de nossa consciência, a movimentação do céu dentro de nós. Quanto mais conhecimento temos do nosso mapa natal, mais sabemos sobre nós mesmos.

Eu costumo dizer que o Mapa Natal é nossa bússola interior, nosso guia sagrado, nosso manual de instruções, nossa configuração “de fábrica”. Como uma grande amiga diz, “o mundo seria melhor se nosso mapa natal viesse grampeado junto com a certidão de nascimento”.

A leitura de um mapa natal é um momento único quando uma pessoa que não sabe nada ou quase nada sobre você, te revela o céu daquele instante, os desafios da sua vida, seus dons, talentos, zonas de conforto, desejos inconscientes. Um mapa natal é algo tão completo que poderíamos passar dias e dias desbravando suas informações e não seria suficiente. Conhecer seu mapa natal é ter uma ferramenta poderosa ao alcance de suas mãos para toda sua vida.

Nosso mapa natal traz referências e informações sobre quem fomos, quem estamos e quem seremos. Ele fala sobre o que nos angustia e também sobre o que vislumbramos. Mas ele é um retrato de um momento único: o primeiro respirar.

Nosso mapa está dentro de nós, a cada respiro e ele é o maior lembrete de que isso tudo aqui também tem data de validade.

Do livro: Astrology History, Symbols and Signs – Solange de Mailly Nesle

Revolução Solar

Já a revolução solar é um mapa astrológico de um tempo preciso. Ele compreende os 12 meses que sucedem seu aniversário.

Ele marca o momento em que o sol retorna à mesma posição em que esteve no dia do seu nascimento. Ele determina um novo início, onde você irá passar pela energia dos 12 signos ao longo dos 12 próximos meses. A revolução solar ajuda você a entender as energias daquele ano, os desafios e os aspectos de fluidez.

Também podemos olhar momentos emblemáticos do ano ou na tomada de decisões. Indico fazer a revolução todo ano, normalmente próximo do seu aniversário (um pouco antes ou um pouco depois) para se organizar para o ano que terá pela frente ou ainda quando precisar de uma luz em uma questão específica.

Nesta leitura, cruzamos também o mapa do seu nascimento com o mapa do seu ano, entendendo onde você irá sentir mais forte as energias do céu.

A cada novo ano, quando celebramos nosso aniversário, o sol volta ao ponto exato em que esteve no momento deste primeiro respirar. E quando ele chega neste local do céu, dá início à nossa revolução solar. Enquanto assopramos as velas, o Sol reinicia seu ciclo através dos doze signos do zodíaco nos trazendo uma nova oportunidade de nos conectar com nosso mapa natal, de corrigir caminhos, de ajustar rotas ou ainda de dar continuidade ao que nossa bússola interior nos traz.

Todo ano, a partir do nosso aniversário, temos uma nova oportunidade. E o céu nos acompanha a todo instante nesse caminhar.


O que eu recomendo…

Fazer o mapa natal uma vez com uma boa astróloga e depois, todo ano, fazer a revolução uns 30 dias antes do seu aniversário pra se preparar para o ano que terá pela frente.

Se você está com medo de fazer seu mapa natal, pode ficar tranquila e vir comigo.

Assim como o próprio nome diz, um mapa indica caminhos. Ou seja, tendo o mapa ou o GPS nas mãos fica mais fácil saber pra onde ir. Ainda assim, você sempre terá o livre arbítrio de decidir qual o caminho ou atalho escolher.

É justamente por isso que inicio todas as minhas consultas dizendo que quem dá a resposta é a alma e não a astróloga. Uma leitura, seja ela de mapa natal ou de revolução solar pode te trazer mais clareza sobre determinada decisão, mas quem irá tomá-la e se responsabilizar pela decisão será sempre você.

Vale lembrar que a astrologia é uma ferramenta de autoconhecimento.

Ou seja, o céu apenas esclarece pontos sobre você que ainda não estão claros ou que estão nebulosos em determinado momento da sua vida.

Aliás, durante uma consulta, você terá vários insights, mas somente aqueles que precisa ter agora. É normal muita gente ouvir os áudios das consultas meses ou mesmo anos depois e comentar sobre informações que tinha deixado passar. E isso acontece justamente porque não era o momento.

A astrologia pode sim te ajudar a escolher caminhos, mas quem vai dar os passos é sempre você. Pode ficar tranquila que a leitura de um mapa natal ou de uma revolução solar não é portadora de más notícias, mas sim uma excelente oportunidade pra entender as energias que você tem, aquelas que estão em excesso e aquelas que estão em falta.

Entendeu agora a diferença entre mapa astral e revolução solar?

Então me responde… Você já fez seu mapa natal? Tem ele acessível para consultar quando quiser?

Quando foi a última vez que olhou com carinho para sua revolução solar?⠀

Categories: Português

0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.