Hoje eu vou te levar para mais um lugar do mundo cheio de história e também misticismo.

Dessa vez a gente vai a cidade de Tomar, em Portugal, para conhecer o Convento de Cristo.

O Convento de Cristo é um dos monumentos mais significativos e impressionantes de Portugal.

Ele é um Patrimônio Mundial da UNESCO e desempenhou um papel histórico importante ao longo dos séculos.

O Convento de Cristo combina elementos arquitetônicos medievais e renascentistas, trazendo uma combinação de estilos, que incluem também o estilo românico, gótico e manuelino criando um complexo único que reflete a história, a cultura e as influências artísticas de Portugal.

Alem disso, ele conta com detalhes marítimos que fazem referência à expansão marítima de Portugal durante o século XV.

Uma das suas obras-primas é a famosa “Janela do Capítulo”, que representa o estilo manuelino e possui uma intricada decoração de cordas, esferas armilares, cruzes da Ordem de Cristo e outros elementos simbólicos.

Ele tem suas origens na Ordem dos Templários, uma ordem militar-religiosa que desempenhou um papel significativo durante as Cruzadas. Eu inclusive já falei dos Templários quando te levei pra visitar o Poço Iniciático, também em Portugal.

Templários – Imagem livre de direitos – Pixabay

Voltando ao Castelo…

Ele  foi construído pelos Templários no século XII, com o objetivo de proteger a região contra invasões muçulmanas.

A Ordem dos Templários foi fundada por volta de 1119 em Jerusalém, no contexto das Cruzadas. Seu propósito original era proteger os peregrinos cristãos que viajavam para a Terra Santa após a conquista desta pelos cruzados.

Há inclusive uma teoria não comprovada de que foram eles, durante estas viagens, que tiveram contato com as cartas do Tarot e as trouxeram para a Europa. Mas isso não foi comprovado até hoje por pesquisadores e estudiosos.

Os Templários também realizaram atividades militares e tiveram um papel importante nas batalhas durante as Cruzadas.

Os templários se consideravam guerreiros santos, lutando tanto pela fé cristã quanto pela proteção dos peregrinos. Acredita-se inclusive que foram eles os criadores do famoso cheque bancário. Com vários postos de parada ao longo dos percursos de peregrinação e o risco de bandidos em busca de riqueza pelo caminho, tornou-se fácil para eles guardar, administrar, investir e permitir saques dos peregrinos. Muito de sua riqueza inclusive vem daí, já que nem todos os peregrinos chegavam ao destino final.

A Ordem dos Templários teve grande influência em Portugal. Quando a Ordem foi dissolvida em 1312, o Rei Dom Dinis transformou a Ordem de Cristo na sucessora da Ordem dos Templários em território português. A Ordem de Cristo continuou as tradições e os propósitos da antiga ordem, incluindo a proteção de territórios e o financiamento de expedições marítimas.

A sede da Ordem de Cristo em Portugal foi estabelecida em Tomar, justamente no Convento de Cristo que eu tô te apresentando aqui hoje. A Ordem de Cristo expandiu o complexo, adicionando novos edifícios e realizando reformas, fazendo com que este local se tornasse um dos centros mais importantes da ordem em Portugal. O Convento abriga a Igreja de Santa Maria do Olival, que é o local de descanso final de muitos dos membros da Ordem de Cristo.

Eu estive lá em julho de 2023 e te garanto que visitar esse local é uma oportunidade única de explorar séculos de história, arte e cultura de Portugal. Pode apostar, quando estiver no país vale a pena conhecer o Convento, observar seus símbolos e detalhes e fazer, sobretudo, uma visita guiada.

Quer aprender mais sobre as chaves do conhecimento e entender sobre si mesma?

Vem fazer uma consulta comigo ou ainda conheça meus cursos de Tarot e Astrologia.

E se você curtiu esse conteúdo, deixe seu comentário abaixo para me incentivar a seguir compartilhando informações de valor sobre o Tarot, a Astrologia, a Alquimia e outras chaves do conhecimento.

Assim, seguimos juntos em nossa busca de transformar chumbo em ouro.