Neste artigo, compartilho com você um guia completo dos planetas sob o viés da astrologia. Entender a origem dessa conexão e o significado de cada planeta traz a consciência de como seus movimentos no céu impactam nossas vidas na Terra.

Um pouco de história

Ao longo de séculos, os Sumérios classificaram as qualidades distintas de cada um dos planetas que viam no céu em tábuas de argila. Eles observavam a trajetória de cada planeta, calculavam sua distância da Terra e anotavam sobre seu brilho, cor e tamanho. Com o passar do tempo, as características externas dos planetas foram gradualmente sendo associadas com Deuses – poderes espirituais que criaram o universo, de acordo com a cosmogonia Suméria.

Acredita-se que a conexão entre os planetas e os deuses foi o primeiro passo para considerá-los figuras arquetípicas que passariam a ser utilizadas como ferramentas astrológicas.

Para a astrologia, os planetas são o poder ou força motivadora para nossas ações. Eles são os atores de um mapa astral e, portanto, trazem informações complementares e fundamentais para uma leitura.

A astrologia considera Sol e Lua como planetas (na maneira de nominá-los). Assim, temos sete planetas da antiguidade, utilizados na astrologia tradicional ou helenística (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno) e três planetas que foram descobertos entre o século XIX e XX e que hoje fazem parte dos estudos da astrologia contemporânea (Urano, Netuno e Plutão).

Confira aqui o que significa cada planeta sob o viés da astrologia:

Sol

Tido como um Deus em diversas civilizações e conhecido como Helios na mitologia grega, o sol é um dos luminares da astrologia junto com a lua.

Suas palavras-chave são a pureza, a razão, o pai, o centro, a totalidade, a verdade do ser, a coragem e o desejo de agir com o coração. No centro da Via Láctea com os planetas rondando ao seu redor, ele envia luz para tudo o que existe.

Sua frase é “eu sou“.

Por representar a presença, o pai e o mundo, tem uma energia de aprendizado (o motivo pelo qual estamos aqui vivendo esta existência). O sol é onde a gente se energiza, onde a luz do dia brilha, onde temos entusiasmo e paixão para nos mover. Ele também pode trazer questões relacionadas à linhagem masculina (como nosso pai ou um avô).

É sempre bom lembrar: o mesmo sol que está no céu também está dentro de nós. Quando eu olho e me reconheço dentro, eu estreito minha relação com o mundo e com meu pai.

Em distorção, leva ao isolamento, à busca por lugares escuros e à depressão. Pessoas que têm uma relação desafiante com o pai, têm uma relação desafiante com o sol (relação simbólica tanto com nosso pai quanto com nosso sol). Para curar, é preciso abrir mão da percepção de pai que eu queria e que eu criei para aceitar o meu pai verdadeiro.

Afinal, o que a gente rejeita no pai é o que precisamos integrar.

Lua

Astro mais próximo da Terra e representado na mitologia grega pela deusa Selene, a Lua também é um luminar.

Sua frase é “Eu sinto” e suas palavras-chave são a iluminação, o lúdico, o sonho, a maternidade, a gestação, a fertilidade, a sensibilidade, o passado, o lar, as lágrimas e a memória. É o planeta mais cármico dentro da astrologia (aquilo que eu vibro, eu atraio).

A lua representa a forma como você entende e expressa suas emoções, o feminino e o campo emocional. Em resumo, ela é o tipo de emoção que você veio aprender nessa existência.

Tem conexão com a mãe, a infância, o passado, os carmas e a ancestralidade. A lua é nossas emoções, medos, angústias e mistérios. Ela traz algo sobre o mistério do nosso passado (consciente ou não) que faz com que a gente atue de maneira emocional no signo e na casa que habita.

A lua tem relação com nossa criança. É onde buscamos a nutrição. Assim como a mãe, é generosa: nos fazendo voltar as aprendizados até entendermos. A casa em que a lua habita representa que nossos principais medos também estão ali.

Em distorção, pode gerar uma busca pelo doce para saciar o feminino. Também pode trazer medo da água, do mar, dificuldade em chorar, em aceitar a menstruação. Medo de ter filhos pode mostrar uma desconexão com a lua também.

Para equilibrar, recomenda-se banho de lua, uma maior conexão com os ciclos lunares, ou ainda sentar no chão para brincar com uma criança. É importante também confiar e estar em roda com outras mulheres.

Mercúrio

Conhecido pelo Deus Grego Hermes, o mensageiro dos deuses que tem asas na cabeça e nos pés, Mercúrio leva a mensagem da Terra para o submundo.

É o deus das negociações, das artes, do comércio e também do roubo. Era tido como o negociante, o chantagista, aquele que levava vantagem nas pessoas.

Sua frase é “Eu penso” e suas palavras-chave são os pensamentos, as ideias, a fala, a expressão no mundo e a forma como a gente se expressa.

Mercúrio representa a nossa habilidade de comunicação e expressão da nossa verdade. É a forma como nossa mente funciona e compreende a vida, nossas ideias, inteligência, racionalidade, a escuta e a expressão.

Mercúrio nos convida a acolher a fala e a verdade do outro. Precisamos muito de mercúrio pra nos relacionar e nos socializar. Ele tende à repetição por conhecimento, por padronização das coisas.

Mercúrio em excesso pode fazer de você uma pessoa muito racional e mental, crítica, difamadora, controladora e manipuladora. Pode te manter também sempre está no mesmo grupo de amigos, sempre pensando da mesma forma, fazendo as mesmas coisas, excessivamente no controle da mente (“na planilha”).

Vale lembrar que uma pessoa que fala demais representa uma dificuldade de comunicação (às vezes ela está usando isso para se distrair). Mercúrio em falta pode trazer medos sociais: medo de se relacionar, de sociabilizar, não permitindo que a gente conecte mente e coração. Assim, eu frequento coisas que já estou habituada e deixo de experimentar a vida em outras vertentes.

Vênus

Representada por Afrodite, a Deusa do Amor, filha de Urano (pai do céu e da astrologia) com Gaia (mãe Terra), Vênus nasce em uma concha sob a interferência de Saturno.

Sua frase é “Eu valorizo“.

Vênus, a pequena benéfica, expressa a forma como a gente se relaciona com a vida através do prazer e da dor, trazendo a energia do amor e do prazer. Vênus nos mostra como a gente ama, como nos relacionamos com o outro, com grupos, como expressamos o nosso amor e como esperamos que os outros nos amem.

Ela também fala sobre prazer e libido, nossa capacidade de sentir prazer, nossa energia sexual e órgãos sexuais. No mapa, pode identificar um ponto de dons e talentos.

É responsável pela nossa auto-estima e auto-amor. Vênus em excesso pode levar à promiscuidade, à luxúria, à manipulação das pessoas, à energia sexual orientada para a vaidade e sedução. Vênus em ausência, pode nos levar à uma energia mais marciana, masculinizada, muito segura de si. Também pode trazer dificuldade com dinheiro (cobrar e receber), dificuldade de lidar com o feminino, de se sentir amada, de se sentir talentosa, bonita, atraente.

No corpo físico, pode gerar anorexia e bulimia como aversão e ódio ao corpo. Para equilibrar, é preciso estar em conexão com meu corpo encarnado, me empoderar do primeiro chacra e da minha energia sexual.

Marte

Representado por Áres, o deus da guerra, Marte é aquele que toma a iniciativa, que tem coragem e que usa sua força para o bem ou para o mal.

Sua frase é “eu ajo“.

É a estrela de fogo do zodíaco, que traz a energia do movimento. Marte representa a força motriz, a energia, a coragem, a motivação para realização de algo conectada com a sua individualidade e verdade. Sua posição no mapa diz sobre o que você é motivado a agir por.

Marte traz individualidade, coragem de ser si mesmo, de delimitar o território, se auto-aceitar, de guerrear. Marte pode não apenas representar nossa motivação, como também nossa capacidade de defesa, de determinar limites. Marte também tem relação com a sexualidade, trazendo a energia da paixão, o fervor, o tesão na vida ou a sensação de empolgação.

Marte em excesso pode deixar você muito fazedor, sem ter tempo para si mesmo ou sem esperar o tempo do outro. Pode também levar à imprudência, inconsequência, guerra, destrutividade, impaciência e raiva. Viver muito na aceleração do tempo pode fazer com que não aproveite a vida (quando dizemos que o tempo está passando rápido demais).

Já em falta, pode gerar impaciência, intolerância, agressividade e violência. Ou ainda uma pessoa que não consegue se defender, fraca, com vergonha, se sentindo incapaz de realizar algo. Se eu não dou vazão aos meus desejos, posso ficar medroso. Também pode ocasionar baixa imunidade.

Para equilibrar, é preciso ter consciência do momento presente, meditar, dar vazão aos desejos do meu corpo, tomar decisões conscientemente e me permitir sentir prazer.

Júpiter

Representado por Zeus, o Deus da justiça e da verdade, Jupiter – o grande benéfico – vem nos mostrar nossa visão de mundo sutil, ligada aos nossos valores.

Sua frase é “eu cresço” e ele rege assuntos ligados a aeroportos, universidades, pesquisas, eventos, experiências e expansividade. Jupiter vem nos perguntar o que nossa alma está buscando. Ele é conhecido como o planeta da expansão e da possibilidade, do dinheiro e da abundância. Onde Jupiter toca no mapa, ele amplia e mostra um lugar de “servir com alegria”.

É um ponto de abundância, mas também está ligado à ideais elevados e espirituais, nossa fé e otimismo, nossa movimentação e inquietação no mundo em busca do que faz verdadeiro sentido para nossa alma. Jupiter também é conhecido como o rei das sincronicidades.

Ele reforça nossa justiça interna (o que é justo para nós), nossos valores e o que faz sentido (e que pode mudar). Generoso e expansivo, ele nos leva a buscar experiências para saborear e viver a vida e a nos conectar com nossas verdades mais profundas.

Jupiter fala daquilo que a gente viveu e aprendeu através dos valores que temos. Tem a ver também com a nossa escuta interna, o que queremos e o que faz sentido. Em excesso, pode levar a pessoas inquietas, agitadas, buscadoras. Também pode levar ao gigantismo (comer muito, comprar muito, megalomania, mentira e mente tagarela, que não se atenta à presença e ao cotidiano), uma pessoa que busca muito, mas não sabe o que quer.

Na ausência, uma pessoa pode estar mercurial, saturnina ou os dois.

Saturno

Representado pelo Deus Chronos – o senhor do tempo -, Saturno nos mostra como o tempo nos devora assim como Chronos devorou seus filhos.

A frase de Saturno é “eu construo” ou ainda “tem que morrer pra germinar”.

Suas palavras-chave são o compromisso, a seriedade, a maturidade, o compromisso ético, a materialização, a dificuldade de lidar com as emoções, o amadurecimento, a auto-responsabilidade, a perseverança, a paciência, a estrutura.

Conhecido como o grande maléfico ou planeta do destino, Saturno é também moralista e paciente. Onde ele toca, restringe, cria uma secura ou uma sensação de areia movediça para que a pessoa nunca se sinta estável ali. Ele traz as crises nesse local e faz a pessoa se esforçar, ter perseverança e determinação para que ela ganhe sabedoria.

Saturno traz desafios e compromissos cármicos para o aprendizado e evolução aqui na Terra. Ele nos lembra que assinamos um contrato quando viemos para este planeta para relembrar quem somos e para retornar à nossa essência. É como um pai severo que sabe quais são as nossas guianças.

Ele representa as paredes da nossa casa, a estrutura de uma sociedade, de uma empresa, as leis e a política. Traz amadurecimento pessoal, resiliência e sabedoria. Fala das relações com as pessoas, com a vida, com a mãe e o pai. Dita as regras, a disciplina as estruturas. É a autoridade.

Quando em falta, traz insegurança, vitimismo, pessimismo, fatalismo, rancor e depressão. A cura de Saturno (capricórnio) está na Lua (câncer) e também em Jupiter, já que ele dá o caminho.

Urano

Representado pelo Deus Grego Ouranos, o planeta Urano leva aproximadamente 84 anos para passar por cada signo.

Sua frase é “eu me revolto“.

Urano é o planeta revolucionário, visionário, disruptor, rebelde, individualidade, não-complacente e que não tem órbita fixa.

Onde ele toca no mapa, é onde queremos inovar, revolucionar, fazer diferente, romper com o que é antiquado ou antigo e não contribui com o futuro da humanidade.

Este planeta está relacionado à valores e a uma guiança maior das nossas mentes. É a mente pura, que nos proporciona downloads, ideias, genialidade e contribuição social futurista.

Netuno

Representado pelo Deus Grego Poseidon, Netuno é bastante conhecido como o senhor dos mares. Tanta água por perto, não é à toa que sua frase seja “eu sonho“.

Netuno nos ajuda a planejar e conseguir aquilo que desejamos. Ele representa a nossa capacidade de sentir e nos conectar com as dores do mundo e com o a consciência de que “somos todos um”.

O planeta fala também sobre nossa espiritualidade, nossa mediunuidade e a forma como nosso insconsciente atua.

No mapa natal, ele mostra um ponto de transcendência. Onde ele se encontra, há uma “neblina” que cria uma necessidade de ter clareza.

Suas palavras-chave são o inconsciente, a sensibilidade, a intuição, a mediunidade, os sonhos, objetivos e a intuição.

Em desequilíbrio, pode se tornar mais racional ou com menos possibilidade de acessar o lugar dos sonhos e imaginação.

Plutão

Representado pelo Deus Grego Hades, Plutão é o planeta da transformação, do Renascimento e da Morte. Justamente por conta deste ciclo de vida-morte-vida, sua frase é “eu mudo“.

Onde temos Plutão no mapa, representa um lugar que armazenamos memórias subconscientes do passado – dores e mágoas – que precisamos nos purificar. Ele também nos mostra onde pode haver uma máscara de poder de que “está tudo bem” quando na verdade não está (por ser o local que pode nos levar a grandes purificações).

Plutão nos leva à morte do ego e à sensação dos ciclos, dos começos, dos fins e dos novos começos.

O planeta também pode representar uma pessoa que não pede desculpas, que não se vulnerabiliza e que não se rende, vivendo eternamente com a máscara de que está tudo bem.

Pode também representar uma pessoa controladora que não solta porque é orgulhosa. Ou ainda que não aceita os fins e as mortes simbólicas das partes que não nos servem mais. Plutão nos convida a confiar na vida.

Quer saber mais?

Que tal seguir seus estudos comigo? Confira abaixo meu eBook gratuito e meu curso de astrologia descomplicada.

Categories: Português

0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.