Skip to content →

Letícia Tórgo

Letícia Tórgo é gestora cultural, escritora e tradutora.

Como gestora cultural, fundou a Dans le Tiroir em janeiro de 2018, a versão canadense da empresa “Da Gaveta” que administrou no Brasil durante oito anos. Seu foco é a produção de espetáculos de teatro, dança contemporânea e consultoria para artistas. No teatro, Letícia produziu os espetáculos canadenses “SIRI”, apresentado no Brasil em 2017 e “Aalaapi”, atualmente em cartaz no Centre du Théâtre d’Aujourd’hui. Foi diretora de produção dos espetáculos de dança “Crying in Public” (2018), de Tedi Tafel, “She Wanted” (2019), de Sarah Bild (em cartaz) e atualmente administra as companhias de dança “Andrea Peña & Artists” (2018-2019) e “Je suis Julio” (2019). Letícia também é coordenadora de produção do festival de teatro infantil “Les Coups de Théâtre” desde setembro de 2018.

Como tradutora, realiza a tradução francês-português de peças de teatro de autores contemporâneos do Québec. Em 2017, assinou a versão do espetáculo de teatro SIRI, de Laurence Dauphinais et Maxime Charbonneau na Glassco Translation Residency em Tadoussac. Em 2018, traduziu o espetáculo infantil Petite Sorcière, de Pascal Brullemans, a ser apresentado no Brasil em 2019 no Festival Internacional de Linguagem. Atualmente, está traduzindo o texto Ce qui nous avons fait, também de Pascal Brullemans.

Como autora, escreveu a peça de teatro Somos Ici, com Florence Bobier, em 2016. O espetáculo foi produzido pelo LatinArte em comemoração aos 375 anos de Montréal. Em 2017, foi selecionada para o mentorado do Black Theater Workshop, onde escreveu o espetáculo de teatro Disquiet, em inglês. Em 2018, seu texto Saudade, em francês, foi selecionado para o festival de Teatro Tout’tout Court. Atualmente, está escrevendo o livro Je parle de toi dans une autre langue, selecionado para o mentorado do MAI – Montréal Arts Interculturels e do DAM – Diversité Artistique Montréal. Também está cursando um Certificado em Criação Literária na UQAM.