Conceitos de Astrologia

Published by Letícia Tórgo on

Confira aqui um glossário com os principais termos astrológicos que vão te ajudar a melhor entender os conceitos do céu. Este glossário surgiu como resultado de meus primeiros estudos em astrologia e, portanto, são descrições simplificadas e fáceis de entender.

Antiscia(no singular antiscion) é um termo de origem grega que quer dizer “sombra” ou “reflexo”. Diz-se que dois pontos zodiacais estão em antiscion quando ocupam posições equidistantes do Equador Celeste. Isto acontece quando estão à mesma distância dos pontos dos Solstícios, o eixo Caranguejo – Capricórnio.
Ascendente (AC)O signo que estava ascendendo no horizonte no momento do nosso nascimento. É a primeira informação que se determina num mapa astral. É um local que tem luz, é muito forte, é pra lá que a gente sempre quer olhar, onde a gente se projeta. A forma como queremos ser vistos pelas pessoas. Muitas pessoas manifestam mais o ascendente porque é mais fácil do que estar no sol e na lua. É nossa máscara, como a gente se veste pra que o outro nos veja.
Ascendente no corpoO corpo físico tem muita relação com o ascendente.
AspectoRelações que os planetas fazem entre si. O que determina esses relacionamentos são os elementos, as energias, os graus. A palavra aspecto quer dizer “ver” ou “observar”. Considera-se que os planetas colocados nos ângulos de 180°, 120°, 90° e 60° podem observar-se, logo aspectar-se. Na base deste conceito está a luz emitida pelos planetas. A tradição astrológica considera que os aspectos se formam porque os planetas envolvidos se tocam com a sua luz. No caso da conjunção os planetas encontram-se “fisicamente”, misturando as suas luzes; ao passo que os restantes aspectos se formam por irradiação. No caso da oposição, trígono, quadratura e sextil, o planeta irradia a sua luz, que ao tocar noutro planeta permite que se possam observar, formando o aspecto.
Aspecto destroO aspectante (mais lento) está depois do aspectado (mais rápido), mandando a influência pra frente. 
Aspecto partil e pláticoUm aspecto considera-se partil quando os planetas se encontram no mesmo grau e o aspecto entre eles é exato. Quando está fora desse limite, mas dentro do orbe necessário, o aspecto diz-se plático. Quanto mais exato for um aspecto mais intenso será o seu efeito. O termo partil pode ser facilmente substituído pela expressão “exato” e plático por “dentro de orbe”, no entanto, ficam aqui referenciados os termos técnicos.
Aspecto sinistroSinistro vem do latim “esquerdo”. Um planeta que olha pra trás, como se fosse uma questão de outras vida O aspectante está antes do aspectado, mandando a influência pra trás. Traz questões do passado que podem não ser resolvidas nessa vida. Podem ser dons sinistros também.  Ex. quando Plutão está antes de Marte (Plutão já passou Marte). Ou seja, Plutão está aspectando Marte, mas ele já passou por Marte.
Assinatura cósmicaCalcula a energia predominante em nosso mapa astral. Vibração de fora. Somando tudo, a pessoa tem uma predominância de uma assinatura. Essa vibração é percebida no campo. É a personalidade cósmica daquela pessoa.
AstrologiaPrática que estuda a relação do céu e a movimentação dos astros com a alma humana. Veio antes da astronomia e da escrita. Separou-se o fenomenológico do científico. A astrologia era muito valorizada até que a economia, a religião e o patriarcado reverteram isso.
Astrologia tradicionalNão considera urano, netuno e plutão.
AstrologiteSe justificar como se signo fosse uma doença.
AstrólogosEternos estudantes já que o céu é infinito. Decodificadores / tradutores do céu. São simbolizadores, mas também pessoas muito observadoras.
Cabeça do dragãoOnde nossa vida flui.
Casa interceptadaQuando não há nenhuma cúspide interceptando o signo.
Casa topocêntricoQuando a gente tem a sensação de que a casa está exatamente no meio de dois signos. Olhar os graus para ver onde está cortando de verdade.
Casas astrológicasCampos energéticos da totalidade da vida. São 12 casas com graus diferentes. São os assuntos ou palcos da nossa vida.
Casas grandesTêm maior espaço na vida das pessoas.
Casa ou eixos duplicadosA casa toma conta de dois signos em ambos os eixos.
Casas ou eixos interceptadosPodem ser carmas de vidas passadas. É quando nenhuma casa cortou determinado signo, nem seu signo oposto. Quando isso acontece, o mapa conta com duas casas ocupando mesmo signo, assim como no signo oposto. Algo que carmicamente precisa ser trabalhado
Ciclos maiores relacionando as estações do ano Olhar a partir do ascendente no mapa natal pra entender em que ponto da vida a pessoa está (lembrando que cada casa equivale a uns 7 anos de vida mais ou menos e que estamos imaginando que a pessoa vive 88 anos). Também pode fazer através do grau 00 do ascendente.
CombustãoQuando um planeta está muito próximo do sol. Isso significa que ele está combusto ou em combustão.
ConjunçãoÉ o aspecto mais poderoso e harmonioso (mas também é desafiador) pois há uma troca entre os dois planetas. Indica dois planetas no mesmo grau e signo ou muito próximo. Normalmente, é quando os planetas mais lentos encontram com os mais rápidos. Indica uma força criativa de expressão da dinâmica planetária e as pessoas com esse aspecto são optimistas e têm uma grande energia para fazer seus projectos darem certo, não importa quantos obstáculos surjam pelo caminho. Também indica a rejeição por qualquer tipo de crítica e que, geralmente, a pessoa é bastante teimosa. As energias dos planetas se combinam. Um potencializa o outro. Uma conjunção (a proximidade de dois planetas) de 10 graus é menos intensa do que uma conjunção de 4 graus. Normalmente os planetas em conjunção estão no mesmo elemento.
Contra-paralelosQuando dois planetas estão em paralelo no mesmo grau de declinação (tem que estar Norte-Sul ou Sul-Norte). Assim, eles ficam também em conjunção. Tolerância de 1 grau apenas.
CoragemCore – coração / agem – agir —> agir com o coração
CúspideTraço que intercepta o signo e determina a casa. É o líder daquela casa.
Cúspide da grande cruzPlanetas nessa cruz são fortes. As cúspides da grande cruz são mais forte. Casas 1, 7, 4 e 10
DecanatosA cada signo a gente tem a influência dos outros dois signos do mesmo elemento. A cada 10 graus, tenho a regência de um signo daquele elemento. São 3 decanatos (0 a 10 graus, 11 a 20 graus, 21 a 30 graus).
Descendente (DC)Signo onde o sol se põe. Signo que está no descendente = Internaliza, reprime ou só mostra pra quem é muito próximo de nós. É a nossa sombra, o que escondemos. Energias mais introvertidas, que a gente tende a reprimir. Muitas vezes, aquilo que a gente reprime, acaba manifestando em forma de sombra. Determina “com quem eu vou”. Fala sobre atitudes de nossos descendentes que a gente nega, mas que no fundo a gente repete também. Comportamentos que a gente reprime ou repudia no nosso meio familiar (comportamentos sociais dos nossos antepassados), o descendente vem com essa memória. Fala sobre a parte que precisamos integrar, que é desafiante. 
DíadesA cada 2,5 graus de um signo existe a regência de um dos 12 signos do zodíaco.
DomicílioQuando um planeta está na casa do signo que é regente. Ex. Lua em Câncer.
EclipsesAlinhamentos matemáticos entre o sol, a lua e a Terra. Trazem mudanças inesperadas. Os eclipses têm relação com os nodos lunares norte e sul porque os chineses acreditavam que um dragão mordia o sol e a lua durante os eclipses. Por isso, os nodos são conhecidos como cabeça e cauda do dragão.
Eclipse lunarQuando a Terra está no meio, entre sol e lua, acontece o eclipse lunar (lua cheia).
Eclipse lunar no mapaSol e nodo de um lado, Lua e nodo de outro (oposição). Eclipse da lua (lua oculta) pode fazer com que a pessoa tenha que ir no fundo dela pra encontrar a força gerada pela sua sensibilidade e seus afetos. Pode mostrar dificuldade com questões emocionais e afetivas.
Eclipse solarQuando a Lua está no meio, acontece um eclipse solar (lua nova).
Eclipse solar no mapaQuando sol, lua e um dos nodos estão bem próximos. Importante checar se realmente aconteceu um eclipse na data do nascimento do mapa. Eclipse do sol (sol oculto) pode trazer dificuldade da pessoa se revelar.
ErasAs eras acontecem em movimento oposto à mandala astrológica. Alguns astrólogos dizem que pra você estar oficialmente dentro de uma era, precisa ter vivido uns 500 anos. Cada era dura de 2200 a 2500 anos.
Era de Áries (de 2001 a.C. a 0)Na era de Áries tivemos muitas guerras, cruzadas, época dos faraós e imperadores
Era de Peixes (de 1 a 2000 d.C.)Cristianismo, mestre espiritual, protestantismo.
Era de Aquário (de 2001 a 4000 d.C. – onde estamos)Advento da internet, corrida do homem à lua, corrida espacial, luz elétrica, movimento de revolução industrial e tecnológica. Covid e a revolução do online.
Estrela de DaviAspecto espiritual com trígonos trazendo as influências dos elementos (dois elementos que se complementam (ex. Terra e Água ou Fogo e Ar), um complementando o outro, fazendo uma estrela no meio do mapa.
Estrela setenáriaHeptagrama que determina os planetas relacionados aos dias da semana. Ela também determina o planeta regente do ano.
ExílioQuando um planeta está na casa oposta do signo que é regente. Ex. Lua é regente de Câncer. Ela está em exílio quando está em Capricórnio.
Experiência Pessoal no mapaCasas 1, 5, 9
Experiência Profissional no mapaCasas 2, 6, 10
Experiência Social no mapaCasas 3, 7, 11
Experiência Espiritual no mapaCasas 4, 8, 12
FirdáriaTécnica de astrologia preditiva que determina o planeta mais importante em determinado período da nossa vida. Varia com mapa diúrno (sol no hemisfério norte do mapa astral) e mapa noturno (sol no hemisfério sul do mapa astral). Foi uma técnica criada por Abu Ma’shar, na Pérsia.
Fundo do céu (FC)É o meio da Terra. São energias mais introvertidas. Determina de onde eu vim. Está relacionado com as nossas raízes. Também é uma energia cármica, que pode estar relacionada com o lugar de onde a nossa família vem. É uma energia que a gente já conhece.
Grande cruzDiversas quadraturas Ts. Normalmente, 4 quadraturas T formam um quadrado com 3 triângulos dentro. Todas as temáticas são temáticas em disputa no mapa da pessoa. Devem ser interpretadas de maneira separada.
Grande trígonoSão aspectos espirituais no sentido de serem muito fluentes. Fala sobre geometria sagrada. Tem fluência entre as energias (quanto mais exatos os graus, mais fluente).
Grande Pipa ou diamanteGrande fluência entre os aspectos com duas complementações de talento, apesar de ter uma oposição no centro da pipa.
Grande SextilSextil que dá a volta na mandala toda, um se conectando ao outro. Grande potencial e talento configurando (mas envolve as oposições e dá tensões). Um aspecto complementa o outro. É um pouco raro.
Grande VasoDuas quadraturas e dois sextils. Um se comunicando com o outro (desafios e potencialidades)
Grau 0É o peso carmático do que precisa cumprir sem muita experiência naquele signo. É um grau de comprimento, veio fazer e não tem como evitar.
Grau 15O grau 15 é o cume daquele signo, é o grau que transborda e tem uma força de potencialização.
Grau 29Sabedoria e bagagem pra cumprir com aquele signo, mesmo que tenha a energia do seguinte.
Graus anaréticosSão graus carmáticos que vem com força e que dificilmente a gente não vai cumprir porque eles vêm com muita força. As casas também nessas posições têm a mesma força. Além do grau 0, 15 e 29, podemos olhar também grau 01 e grau 28.
Graus críticos cardinais0, 13, 26 – potencializa a iniciativa, a renovação, a tomada de atitude, os empreendimentos, a invenção.
Graus críticos mutáveis4 e 17 – Potencializam a flexibilidade, a adaptabilidade, a criatividade.
Graus críticos fixos8, 9 21, 22 – Potencializa a necessidade de estar presente, de ancorar, de segurança, estabilidade.
Graus místicosSão graus que trazem características específicas (místicas).
Hipocondríaco, medo da morte e doenças.Distorção no eixo Virgem e Peixes.
Os hipocondríacos não querem sofrer.
Eles querem se medicar para não sofrer.
Indicador acidentalO planeta que rege o signo que está na ponta de uma casa. Ex. se a minha casa 1 está em câncer, meu indicador acidental é a Lua.
Indicador condicionalQuando o planeta está na casa. Todos os planetas que estão em uma casa são indicadores condicionais.
Indicador naturalO planeta regente natural de cada casa astrológica. Ex. Casa 1 – Marte. Casa 4 – Lua.
Lei da causa e efeito/lei do karma (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)Toda causa tem seu efeito, todo efeito tem sua causa
Lei da correspondência (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)O que está em cima é como o que está embaixo. O que está dentro é como o que está fora.
Lei da polaridade (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tudo tem seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliáveis.
Lei da vibração (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)Nada está parado. Tudo se move, tudo vibra.
Lei do gênero (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)Tudo tem masculino e feminino
Lei do mentalismo (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)O todo é mente, o universo é mental.
Lei do ritmo (7 leis universais – Hermes Tirsmegisto Caibalion)Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés.
Lua fora de curso ou lua vazia de cursoSensação de estar meio perdido, coisas esquisitas podem acontecer, sensação de vazio. Quando um planeta não tem aspectos aplicativos a outro planeta, diz-se vazio ou vazio de curso. Indica um estado de inação e “falta de vontade” nas questões significadas pelo planeta. Este tipo de situação é particularmente importante quando se trata da Lua que, por ser o planeta mais rápido, é o que mais frequentemente fica sem aspectos aplicativos. Além disso, a Lua é o planeta que descreve as ações mais eminentes de um horóscopo (particularmente numa questão horária ou num evento). Este tipo de análise é particularmente relevante num horóscopo horário, num evento mundano ou numa eleição.
Mapa astralÉ vivo porque nosso céu externo está sempre se relacionando com nosso céu interno. Nós temos todos os signos e planetas em nós. Temos facilidade de tocar certas notas, mas podemos acessar todas elas. O mapa conta com 12 signos com 30 graus cada, totalizando 360 graus da Terra. Universo simbólico da astrologia.
Meio do céu (MC)Sol à pino, topo da nossa cabeça. Determina para onde eu vou. A energia ou a consciência que está regendo as situação de vida de cada um de nós. É a estrada que a pessoa vai percorrer, como eu vou me realizar no mundo, o caminho que vou trilhar como ser social.
Método équalQuando cada casa astrológica tem a mesma quantidade de graus.
Método placidus Método mais usado atualmente, criado por Placidus no século XVII
Método topocêntricoLeva em consideração a curvatura da terra e o aspecto geodésico em relação à divisão das casas.
MitosOs mitos desvendam energias.
Nodo Lunar NorteChamado de aprendizado.
Oitavar as energias do mapaTocar as notas mais elevadas e sublimes do nosso próprio mapa. Sol e Lua se equilibram. Mercúrio = Urano. Vênus = Netuno. Marte = Plutão. Jupiter e Saturno separam os planetas pessoais dos transpessoais, como fazendo uma ponte entre as energias oitavadas.
OposiçãoÂngulo de 180 graus. São conflitos onde buscamos integrar as partes. Aspectos não fluentes (não necessariamente ruins), mas apenas que não conversam entre si. Há uma tensão, uma briga, uma disputa de espaço e uma oposição de forças entre duas energias. Esse aspecto representa polaridades e diferenças entre dois planetas. Eles podem ser de qualidades ou elementos opostos, mas ainda assim complementares. O desafio é a pessoa reconhecer o conflito e trabalhar para resolvê-lo ou pelo menos minimizá-lo. Devemos encarar esse aspecto como um sinalizador das mudanças e aprendizado pelo qual teremos que passar. Acontece normalmente com planetas na mesma qualidade, mas em elementos diferentes. É a arte de entrar em acordo, fazer concessões e olhar para o que está do outro lado. isso gera um certo esforço.
OrbeNos horóscopos raramente encontramos aspectos exatos. Considera-se que cada planeta tem um campo de influência a partir do qual pode interagir (ou seja, formar aspecto) com outros planetas. Este campo, denominado orbe, pode ser visualizado como uma esfera de irradiação ao redor do planeta. O foco desta esfera (ou orbe) é o próprio grau onde o planeta se encontra, o seu corpo. Os orbes são expressos em raio, o que quer dizer que a influência ou orbe do planeta vai estender-se para a frente e para trás do planeta um determinado número de graus.
Os 4 pilaresSol – motorista / mental / consciência. Lua – relação do motorista com os passageiros / emocional / sensibilidade e emoções. Ascendente – o carro / maneira de se expressar no mundo / estilo e jeito de ser no mundo. Meio do céu – a estrada / como eu vou me realizar no mundo / o caminho que vou trilhar como ser social. Via: Claudia Lisboa
ParalelosQuando dois planetas estão em paralelo no mesmo grau de declinação (tem que estar Sul-Sul ou Norte-Norte). Assim, eles ficam também em conjunção. Tolerância de 1 grau apenas.
Planeta aspectantePlaneta mais lento dentro do mapa natal que está influenciando o planeta aspectado. Está mandando sua energia para o planeta aspectado (que é o mais lento).
Planeta aspectadoPlaneta mais rápido (mais próximo da terra) que está sendo influenciado pelo planeta aspectante. São os planetas que manifestam, que sentem, a energia da conversa daqueles planetas.
Planeta feral ou selvagemQuando um planeta está totalmente sem aspectos (aplicativos ou separativos) diz-se que está feral (ou selvagem). Esta condição é considerada infortunada, pois o planeta não partilha as suas qualidades com os restantes elementos do horóscopo. Como não tem interação direta com os outros planetas a sua expressão torna-se desfasada e, por consequência, acaba por destacar-se bastante no horóscopo. O efeito de um planeta feral será ainda mais evidente se este se encontrar sozinho no signo.
PlanetasVem do grego “wanderer” e significa: errante, vagabundo, nômade, que se move de forma irregular. Planetas funcionam como o ator das casas (que são o palco). Podem ser pessoais, sociais e transpessoais (planetas puramente gasosos). Quanto mais distantes do sol, mais sutis os planetas. São impulsos, induções, motivações.
Planetas dispositoresO planeta regente de um signo onde outro planeta está joga energias pra esse planeta localizado ali. Ex. Vênus está na Casa 1 que está em Gêmeos. O planeta regente de Vênus, Mercúrio, é um dispositor da Vênus. É o dono do apartamento onde o planeta está. Quando esse planeta está lá, pede autorização pra colocar mais coisas ali, mas ainda assim, o apartamento foi todo decorado pelo dono.
Planetas em cúspides (sobretudo da grande cruz)São pessoas muito lideres, que vieram para brilhar. É importante olhar a casa onde ele vai entrar (planetas sempre andam no caminho inverso do mapa).
Planetas em domicílioPosicionados no signo que eles regem.
Sol em Leão.
Lua em Câncer.
Mercúrio em Gêmeos ou Virgem.
Vênus em Touro ou Libra.
Marte em Áries e Escorpião.
Jupiter em Sagitário e Peixes.
Saturno em Capricórnio e Aquário.
Urano em Aquário
Netuno em Peixes
Plutão em Escorpião.
Planetas em exaltaçãoPosicionados em signos onde eles performam muito bem.
Sol em Áries.
Lua em Touro.
Mercúrio em Aquário.
Vênus em Peixes.
Marte em Capricórnio.
Jupiter em Câncer.
Saturno em Libra.
Urano em Escorpião.
Netuno em Câncer.
Planetas em exílioO oposto de domicílio (é uma debilidade planetária assim como a queda). No signo opositor onde ele gosta de estar.
Sol em Aquário.
Lua em Capricórnio.
Mercúrio em Sagitário ou em Peixes
Vênus em Áries e Escorpião.
Marte em Libra e Touro.
Jupiter em Gêmeos e em Virgem.
Saturno em Câncer e Leão.
Urano em Leão.
Netuno em Virgem.
Plutão em Touro.
Planetas em quedaQuando o planeta está no signo oposto de onde ele gosta de estar.
O sol em Libra.
Lua em Escorpião.
Mercúrio em Leão.
Vênus em Virgem.
Marte em Câncer.
Jupiter em Capricórnio.
Saturno em Áries.
Urano em Touro.
Netuno em Capricórnio.
Planetas estacionáriosAntecedem à retrogradação ou o movimento. A energia se potencializa. Acontecimentos súbitos podem acontecer nos dias em que estão estacionários. Como não está em movimento, traz muita força, muita atuação naquele planeta. Pode significar também uma ferida.
Planetas manifestantesEm um mapa natal, quem manifesta são os planetas sociais. Em uma revolução solar, quem manifesta são os planetas do mapa natal.
Planetas retrógradosLevam à introspecção. Ao invés da energia estar em um momento yang, está num momento yin. Também traz questões cármicas de outras vidas, algo não resolvido ou algo que trouxe de uma vida passada. Quando um planeta ultrapassa um planeta mais lento, dá a sensação de que ele está andando pra trás. É por isso que a gente sente mais. É importante olhar em que dia o planeta começou a retrogradar no ano do nosso nascimento e contar quantos dias se passaram até o nosso nascimento. Cada dia de retrogradação significa um ano para a astrologia. Ficamos revisando aquela energia o tempo inteiro.
Ponto VernalAscendente do planeta Terra. É o ponto zero. O certo seria que ele começasse no 0 de Áries, mas de acordo com a era astrológica, o ponto vernal acontece em pontos diferentes. 
Pontuação do mapa (horizontal)Mais pontos acima do horizonte (mais voltadas pro mundo) ou abaixo do horizonte (introspectivas)? (Sol e Lua 3 pontos, Mercúrio a Júpiter 2 pontos, Saturno a Plutão 1 ponto). Tem que dar 9 pontos em cada pra estar em equilíbrio.
Pontuação do mapa (vertical)Mais pontos lado esquerdo (leste = individualidade) ou direito (oeste = relação com o outro)? (Sol e Lua 3 pontos, Mercúrio a Júpiter 2 pontos, Saturno a Plutão 1 ponto)
Primeira respiraçãoÉ o guia da minha jornada trazendo meus dons e desafios. Encarnamos na hora certa para os aprendizados que precisamos.
Primeiras naçõesComo o aprendizado dura a vida inteira, a própria vida é considerada uma cerimônia sagrada.
Mãe – Terra. Avó – Lua.
Profecções (profecção do ascendente) no anoEntendemos a influência do ascendente no ano em que estamos. Como fazer a profecção? Meu ascendente está a 20 graus de Áries. Eu conto os anos. Tenho 40 anos. A cada 12 anos, ele volta pra Áries (passou em todos os signos). Ou seja, aos 40 eu estou com o ascendente a 20 graus de leão. Fazer isso no mapa da revolução.
Profecções (profecção do ascendente) no mêsEntendemos a influência do ascendente a cada mês em que estamos. Como fazer a profecção? Meu ascendente está a 20 graus de áries. Eu conto os meses a partir do dia do meu aniversário. O primeiro mês, estou no meu ascendente. O segundo mês (julho), estou a 20 graus de touro e por ai vai. Fazer isso no mapa da revolução. 
Progressão primáriaDetermina que cada minuto após meu nascimento faz referência a um ano da minha vida. Ou seja, se tenho 40 anos hoje, olho pro retrato do céu 40 minutos após a hora do meu nascimento.
Progressão secundária diretaDetermina que cada dia após meu nascimento faz referência a um ano da minha vida. Ou seja, se tenho 40 anos hoje, olho pro retrato do céu 40 dias após a hora do meu nascimento.
Progressão secundária conversaDetermina que cada dia após meu nascimento faz referência a um ano da minha vida, mas contabiliza de forma anterior. Ou seja, se tenho 40 anos hoje, olho pro retrato do céu 40 dias ANTES a hora do meu nascimento.
Quadrante 1 – casas 1, 2 e 3Pessoal e íntimo, meu contato com a interioridade.
Quadrante 2 – casas 4, 5 e 6Relações próximas, interiorização.
Quadrante 3 – casas 7, 8 e 9Dedicação a levar pro mundo aquilo que o mundo espera, a colaboração com o outro é importante.
Quadrante 4 – casas 10, 11 e 12Aspecto extrovertido, vontade de fazer algo no mundo, baseado na minha afinidade.
QuadraturaQuando dois planetas da mesma qualidade (fixo, cardinal e mutável), mas em elementos diferentes (incompatíveis), estão em um ângulo de 90 graus entre si. Pode trazer teimosia, irritação e atrasos. Aspectos desarmoniosos. Elas irão se tornar trígonos aos 30 anos, em relação aos planetas que estejam, ao nascer, a 90 graus com (a cúspide do) ascendente ou o meio do céu. Reflete ação e reação. Pode causar conflitos se a pessoa não souber ceder. Esse aspecto mostra como essas diferenças podem ser usadas de uma maneira construtiva e que, depois de superadas, ajudam a construir a personalidade e caráter da pessoa. São conflitos e tensões, cada um defendendo seu lado e não chega a um acordo. Tem a ver com um sofrimento antigo que precisa ser resgatado e reformulado pra dar certo. Se fosse um diálogo, a quadratura seria uma conversa tensa, desconfortável e cheia de provocações. Como divide o Zodíaco em quatro partes, este aspecto é também conhecido como quadrado ou quartil.
Quadratura T ou T-SquareÉ um aspecto tenso. Forma um triângulo no círculo central, sendo que não é um triângulo perfeito pois uma das pontas tem um ângulo de 90 graus. Uma oposição que desemboca em uma outra quadratura. A ponta da quadratura é a temática em evidência porque os dois outros planetas ficam brigando numa tensão.
QuadruplicidadeCada característica (cardinal, fixo e mutável) recebe 4 signos.
QuincúncioAspecto com ângulo de 150 graus entre um planeta e outro.
RegenteO mestre da pessoa, quem ensina o caminho das pedras. Cada ano é regido por um planeta. Cada dia da semana é regido por um planeta. 
Retorno de SaturnoAos 28 anos (minha missão de vida) e aos 56 anos (meu legado). Amadurecimento, empoderamento do sol, da lua e do nosso ascendente. É um momento de empoderamento do ser. 
RetrogradaçãoQuando um planeta ultrapassa um planeta mais lento, dá a sensação de que ele está andando pra trás. É por isso que a gente sente mais. É importante olhar em que grau o planeta começou a retrogradar no ano do nosso nascimento e em que grau ele está naquele momento. Os graus representam os anos que temos a questão cármica pra resolver.
Revolução SolarA revolução solar é um mapa astral do instante do seu aniversário, apontando as tendências e desafios para o seu novo ano.
Roda zodiacalÉ a história da vida da pessoa através das 12 constelações/energias. O círculo ao redor do nosso mapa é onde se posicionam os signos. Cada um tem 30 graus. A cada 24 horas a roda zodiacal gira completamente.
RotaçãoA rotação é o movimento que a Terra realiza em torno de seu próprio eixo. É como se ela estivesse “rodando” em volta de si mesma. O tempo que o planeta leva para completar esse “giro” é de 24 horas. A principal consequência é a existência alternada entre os dias e as noites, pois, se não houvesse esse movimento, haveria apenas dia em um lado do planeta (que seria extremamente quente) e apenas noite no outro lado (que seria extremamente frio).
SemiquadraturaAspecto com ângulo de 45 graus (metade de uma quadratura).
SemisextilAspecto com ângulo de 30 graus (metade de um sextil)
SextilRepresentado pelos 60 graus e pela harmonia de elementos diferentes, mas complementares (fogo com ar e terra com água). Mostra como uma pessoa pensa e o que a interessa. São aspectos harmoniosos, positivos, que determinam dons e talentos, trazendo uma configuração única para aquela pessoa. Comparado a um diálogo, o sextil seria uma conversa entre duas pessoas que estão de acordo nos pontos básicos embora com ligeiras diferenças de abordagem. E um aspecto de cooperação e entendimento, onde os planetas têm uma expressão funcional e agradável. Este aspecto é também conhecido como hexágono, pois divide a esfera em seis partes.
SignosSigno é luz manifestada no espectro com diferentes frequências (prisma). São energias arquetípicas. São as atitudes que o ator (planeta) usa nas casas (palco). 
SimbologiaFaz parte da existência humana, mas nós nos desconectamos. Tudo vem a partir dos símbolos. Símbolos têm interpretações múltiplas.
SinastriaSinastria é uma técnica utilizada na Astrologia para verificar o grau de “compatibilidade” numa relação (afetiva, profissional ou familiar) entre duas pessoas. Essa técnica faz uso do mapa astral, recorrendo aos perfis astrológicos de um indivíduo e seu parceiro.
Sol no ascendentePessoa que veio pra brilhar.
SombraNegação de um aspecto.
StélliumSegundo a astonomia (e Claudia Lisboa) é o alinhamento de 5 ou mais planetas numa distância de até 20 graus. Já outros astrólogos consideram 30 graus. Concentração de energia que magnetiza um único campo. Traz uma impulsão para fazer as coisas e uma certa demora para as coisas acontecerem porque é como se os planetas estivesse na boca de um túnel tentando entrar. O impulso às vezes não é muito pensado (colocar o pé no acelerador com o freio de mão puxado). Outra definição é quando dois ou mais planetas estão em conjunção. É importante olhar quem está no meio e que está recebendo as energias.
Técnica da firdária (Persa)Serve pra gente entender os ciclos maiores e menores que estamos vivendo. É uma técnica antiga da astrologia tradicional.
TrânsitosConceito da astrologia preditiva que impactam de forma global as previsões diárias e influências dos ciclos maiores. Começa com a posição original, depois o sextil, quadratura, trígono, oposição, trígono, quadratura, sextil, posição original. O tipo de trânsito é influenciado pelas casas. Um trânsito em casas de água, por exemplo, gera mais sensibilidade.
TranslaçãoA translação é o movimento que a Terra realiza em torno do Sol, sendo que ela demora 365 dias, 4 horas e alguns minutos para completá-lo. Esse movimento é o responsável direto pela existência das estações do ano. Como o eixo de inclinação do nosso planeta é de 23º27′, há períodos em que os dias são maiores que as noites (solstícios de verão), períodos em que as noites são maiores que os dias (solstícios de inverno) e períodos em que eles possuem a mesma duração (equinócios de primavera e outono).
TrígonoÉ uma conversa harmoniosa, um aspecto favorável, porque os planetas estão no mesmo elemento, mas em qualidades diferentes. Quando se forma um ângulo de 120 graus entre planetas que estão (quase sempre) no mesmo elemento. Integra as qualidades dos planetas envolvidos. Trígonos não são triângulos. É preciso olhar o ângulo. Pode ser uma linha. Mostram onde estão nossos talentos naturais (algo natural e fácil pra nós). Relaciona planetas colocados em signos do mesmo elemento e que por isso partilham as mesmas qualidades primitivas (temperamento). Assim sendo, indica uma relação fácil, fluida e estável entre os planeias envolvidos. Ao comparar o trígono com um diálogo, podemos imaginar duas pessoas que falam sobre a mesma coisa e concordam sobre o assunto. Este aspecto é também conhecido como trino, triângulo ou trigonal, pois divide o Zodíaco em três partes.
TriplicidadeCada elemento (fogo, terra, ar e água) recebe três signos
ZodíadoO espectro da vida.
Zodíaco de DenderaFica no Egito. É um zodíaco circular esculpido no teto de Dendera, que representa uma carta do céu.
Categories: Português

0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *